Guia do Acionista

Presença Global:

  • Mais de 110 anos de atuação no mercado do aço.
  • Entre as companhias mais competitivas do setor, com operações em 13 países.
  • A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo.
  • Operações verticalmente integradas com flexibilidade no processo produtivo.
  • Participação de mercado relevante nos países onde opera e ampla gama de produtos por meio de unidades de transformação e corte e dobra.
  • Sólida estrutura de capital e forte geração de caixa.
  • Recursos de minério de ferro estimados em 6,3 bilhões de toneladas, que garantem a autossuficiência da Companhia e posterior monetização do excedente às suas necessidades.

Empresas Incorporadas

Empresas Incorporadas Empresas Incorporadoras (sucessoras) Data da AGE de Incorporação
GERDAU AÇOS ESPECIAIS S.A. GERDAU S.A. 29.12.2017
GERDAU AMÉRICA LATINA PARTICIPAÇÕES S.A. GERDAU S.A. 29.12.2017
ITAGUAÍ COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA.  GERDAU S.A. 29.12.2017
GERDAU COMERCIAL DE AÇOS S.A. GERDAU AÇOS LONGOS S.A. 28.03.2013
AÇOS VILLARES S.A. GERDAU S.A. 30.12.2010
ARMAFER SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO LTDA. GERDAU AÇOMINAS S.A. 29.10.2004
LAMINADORA DO SUL S.A. GERDAU AÇOMINAS S.A. 28.11.2003
GERDAU PARTICIPAÇÕES LTDA. GERDAU S.A. 28.11.2003
CEA PARTICIPAÇÕES S.A. GERDAU S.A. 28.11.2003
COMERCIAL GERDAU LTDA. GERDAU S.A. 26.02.1999
SIDERÚRGICA RIOGRANDENSE S.A. METALÚRGICA GERDAU S.A., E GERDAU S.A. 30.06.1997
CIA. SIDERÚRGICA PAINS GERDAU S.A. 30.06.1997
SIDERÚRGICA AÇONORTE S.A. CIA. SIDERÚRGICA DA GUANABARA – COSIGUA
(ALTERADA A RAZÃO SOCIAL PARA GERDAU .A.)
23.12.1996
USINA SIDERÚRGICA DA BAHIA S.A. – USIBA SIDERÚRGICA AÇONORTE S.A. 30.01.1996
SIDERÚRGICA CEARENSE S.A. USINA SIDERÚRGICA DA BAHIA S.A. – USIBA 29.12.1995
CIA. SIDERÚRGICA DO NORDESTE METALÚRGICA GERDAU S.A. 29.12.1995
SIDERÚRGICA GUAÍRA S.A. SIDERÚRGICA RIOGRANDENSE S.A. 31.05.1995
AÇOS FINOS PIRATINI S.A. SIDERÚRGICA RIOGRANDENSE S.A. 24.02.1995
CIA. SIDERÚRGICA DE ALAGOAS – COMESA USINA SIDERÚRGICA DA BAHIA S.A. – USIBA 28.02.1994
COMPANHIA BRASILEIRA DE FERRO CIA. SIDERÚRGICA DA GUANABARA - COSIGUA 10.04.1992
ICANOR S.A. – ARAMES E CABOS SIDERÚRGICA AÇONORTE S.A. 29.12.1983

Porque Investir na Gerdau?

Há mais 110 anos a Gerdau enfrenta e supera seus desafios porque são eles que lhe dão força e experiência para construir o futuro. São esses desafios que fortalecem a Empresa, tornando-a cada vez mais flexível e ágil para enfrentar as adversidades e aproveitar as oportunidades de mercado.

Sua história teve início em 1901 com uma pequena fábrica de pregos em Porto Alegre (RS), e hoje possui presença industrial em 11 países, nas Américas, na Europa e na Ásia. Atualmente, a Gerdau é líder na produção de aços longos nas Américas e uma das maiores fornecedoras de aços especiais do mundo, alcançando uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas de aço. Passou também a atuar com a produção própria de aços planos, iniciativa que está ampliando o mix de produtos oferecidos ao mercado e a competitividade de suas operações.

O relacionamento com mais de 110 mil acionistas segue os princípios da transparência, clareza e agilidade.

Recomendação dos Analistas

Compra Venda Neutro
8 analistas - 1 analista

Saiba mais

Para decidir qual o melhor momento para a compra ou venda de ações, aconselhamos procurar os analistas de investimento das corretoras de valores.

Estes profissionais costumam analisar os fundamentos econômicos das empresas, as condições macroeconômicas nacionais e internacionais e ainda os fatores que podem influenciar os resultados das empresas. Com base nesta análise, são capazes de emitir sua opinião a respeito do melhor momento para comprar ou vender ações.

Melhores práticas de Governança Corporativa

  • Membros externos no Conselho de Administração
  • Gestão Integrada de Riscos/SOX – Sarbanes Oxley
  • Tag Along (100% ON e PN) 
  • Política diferenciada de dividendos
  • Nível 1 de Governanca Corporativa da BM&FBovespa 
  • Bolsa de Nova York
  • LATIBEX
  • Participação nos índices da Bovespa: ISE, IGC, ITAG, Ibovespa, IBrx 50 e INDX

Como investir em ações da Gerdau

Para investir em ações, o interessado deverá dirigir-se a uma corretora de valores, que terá condições de assessorá-lo e intermediar a negociação na bolsa de valores. Para obter a relação das corretoras com dados para contato, acesse o site da BM&FBovespa, seção CORRETORAS.

Caso esteja iniciando seus investimentos em ações, aconselhamos consultar no web site da BM&FBovespa as diversas informações úteis aos investidores iniciantes, incluindo cursos on-line, que lhe ajudarão a se familiarizar com o mercado de ações.

Lembramos, ainda, que ações são consideradas investimento de risco, ou de renda variável, podendo ocorrer perdas ou ganhos em diferentes graus, dependendo da variação dos preços das ações adquiridas. Por isso, não é um investimento indicado para pessoas com perfil de risco conservador, ou seja, avessas a correr riscos.

Política de Distribuição de Dividendos

As empresas de capital aberto, normalmente, distribuem a seus acionistas uma parcela do lucro em forma de dividendos ou juros sobre o capital próprio (JSCP). Esse pagamento é proporcional a quantidade de ações possuídas.

A Metalúrgica Gerdau S.A e a Gerdau S.A. pagam dividendos e/ou juros sobre o capital próprio equivalentes a, no mínimo, 30% do lucro líquido ajustado do exercício, apurado de acordo com as práticas contábeis brasileiras. 

A partir de 31 de março de 2003, as empresas Gerdau realizam o pagamento de dividendos e/ou juros sobre o capital próprio trimestralmente a título de antecipação do dividendo mínimo obrigatório.

Bonificação e Desdobramentos

Gerdau Metalúrgica Gerdau

Procedimento para efetuar o lançamento da bonificação na declaração de renda Pessoa Física (IRPF)

As ações bonificadas devem ser lançadas na declaração do imposto de renda do acionista pelo seu custo unitario atribuído como Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis, na linha Lucros e dividendos recebidos. Este mesmo valor deve ser somado ao custo histórico das ações na seção de Bens e Direitos.

Exemplo de lançamento:
Um acionista possuía, em 01 de janeiro de 2008, 1.000 ações preferenciais da Gerdau S.A. (GGBR4), registradas em sua declaração do imposto de renda ao custo de R$ 20.000,00 (valor pago pela aquisição das ações).

Em 30 de maio de 2008 foi aprovada uma bonificação de 100%, a ser creditada aos acionistas com base na posição detida em 12 de junho de 2008.

Este acionista, caso tenha mantido a sua posição de 1.000 ações, recebeu 1.000 ações em bonificação (100% aplicado sobre as 1.000 ações possuídas), passando a ter um saldo de 2.000 ações.

Conforme constou do Comunicado aos Acionistas, o custo unitário atribuído a cada uma das ações bonificadas da Gerdau S.A. é de R$ 4,88 por ação. Assim, o custo total das ações bonificadas recebidas por este acionista é de R$ 4.880,00 (R$ 4,88 do custo unitário atribuído, multiplicado pelas 1.000 recebidas como bonificação).

Este valor deve ser lançado na declaração do imposto de renda na seção de Rendimentos Isentos e Não-Tributáveis, na linha Lucros e dividendos recebidos ao mesmo tempo em que for adicionado ao custo histórico das ações na seção de Bens e Direitos.

No exemplo acima descrito, o acionista que, em 31 de dezembro de 2007, tinha registrado na sua declaração do imposto de renda um custo histórico de R$ 20.000,00 para as suas 1.000 ações, passa agora a ter um custo de R$ 24.880,00 para as suas 2.000 ações.

Este acionista, quando for vender as suas 2.000 ações, para efeitos de cálculo do imposto de renda sobre ganho de capital, deverá considerar este novo custo histórico das ações, ou seja, R$ 24.880,00.

Programas e Ferramentas para o Investidor

Canais de informações aos acionistas - Site Banco ITAÚ

Proporcionar aos acionistas da Gerdau, correntistas e não correntistas do Banco Itaú, maior comodidade e agilidade de acesso às informações sobre as ações escrituradas por este Banco.

Benefícios para os acionistas:

  • Consultas disponíveis
  • Posição Acionária
  • Aviso de Pagamentos
  • Extrato de Movimentação
  • Informe de Rendimentos
  • Boletim de Subscrição

Regras:

  • Site do Banco Itaú: consultas disponibilizadas para correntistas Pessoa Física (PF) dos segmentos Itaú, Uniclass e Personnalité
  • Site Itaú Corretora: consultas disponibilizadas para não correntistas Pessoa Física (PF)

Site Banco Itaú Correntistas

Site Itaú Corretora
Não Correntistas

Histórico de Cotações e Simulador de Investimentos

O Histórico de Cotação e o Gráfico Interativo são ferramentas que proporcionam ao acionista ver a performance das ações de maneira fácil e ágil.

O Simulador de Investimento possibilita o investidor verificar a rentabilidade de seu investimento em uma linha de tempo.

Faça a sua análise

Programa de Reinvestimento de Dividendos

Proporcionar uma alternativa de investimento de dividendos na aquisição de novas ações no mercado secundário em Bolsa de Valores (B3 e Nyse).

Benefícios para o acionistas:

  • Alternativa de investimento organizado e sistemático
  • Aumento gradativo de sua participação no capital social da empresa e consequente aumento do montante de dividendos que tem direito
  • Propicia a cobrança de tarifas de corretagem reduzidas
  • Maior liquidez

O PRD é um benefício para acionistas cuja posição encontra-se custodiada junto a Instituição Depositária da Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A., a Itaú Corretora de Valores S.A.

Saiba mais

Glossário

  • Holding: 

Empresa criada com o principal objetivo de controlar uma ou demais empresas, normalmente sem atividades operacionais.

  • Nível 1 Governança Corporativa: 

É um segmento especial de listagem da BM&FBovespa desenvolvido com o objetivo de proporcionar um ambiente de negociação que estimule, ao mesmo tempo, o interesse dos investidores e a valorização das companhias.

  • Tag along:

Direito que assegura aos acionistas minoritários a extensão das condições oferecidas aos acionistas controladores, no caso de venda do controle da companhia.

  • Juros sobre o Capital Próprio: 

Corresponde à fração dos lucros de uma empresa que é distribuída aos seus acionistas de acordo com a sua participação no capital social. O montante mínimo dos lucros a serem distribuídos é fixado no Estatuto Social, é proposto pelo Conselho de Administração e aprovado pela Assembleia Geral.

São juros pagos ou creditados individualmente ao acionista, a título de remuneração do capital próprio, calculados sobre as contas do patrimônio líquido e limitados à variação pro rata dia, da TJLP. Para poderem ser distribuídos e serem dedutíveis da base de cálculo do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido da empresa, é necessária a existências de lucros no período base do pagamento ou crédito, ou lucros acumulados e reserva de lucros de exercícios anteriores. Por determinação legal o JSCP pode substituir os dividendos.

Os juros sobre o capital próprio estão sujeitos à incidência do imposto de renda retido na fonte (IRF) à alíquota de 15%. Para a Pessoa Física é considerado como tributação definitiva (exclusiva de fonte), devendo ser lançado na linha 08, ficha Rendimentos Sujeitos a Tributação Exclusiva\Definitiva (DIPF 2011).

  • Dividendos: 

Corresponde à fração dos lucros de uma empresa que é distribuída aos seus acionistas de acordo com a sua participação no capital social. O montante mínimo dos lucros a serem distribuídos é fixado no Estatuto Social, é proposto pelo Conselho de Administração e aprovado pela Assembleia Geral.

É calculado com base no lucro líquido e ajustado conforme determina a legislação vigente e é isento de tributação do IR na fonte e na declaração do beneficiário, devendo ser lançado na linha 05, da ficha de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis (DIPF 2011).

Os dividendos distribuídos não são considerados despesas dedutíveis pra fins de cálculos do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido das empresas, por se tratar de distribuição dos lucros, já tributados.

  • Pay-out: 

Mostra o quanto (percentual) do lucro liquido ajustado da empresa é distribuído para os acionistas na forma de dividendos ou juros sobre o capital próprio.

  • Yield: 

É a relação entre o dividendo e/ou juros sobre o capital próprio pago por ação de uma empresa e o preço de mercado no final de determinado período dessa mesma ação. Quanto maior for o Dividend Yield, maior é o retorno do investimento realizado pelo acionista.

  • Bonificações: 

São emissões de novas ações de uma empresa em decorrência do aumento de seu capital, realizado por incorporação de reservas. Estas novas ações são distribuídas gratuitamente aos acionistas, na proporção da quantidade de ações que estes já possuem.

Última atualização em

Close